Filosofia do Peixe – Sabe o que é?

Filosofia do Peixe, sabe o que é?

Há umas semanas atrás, quando estava a assistir a um discurso da Paula Cruz no fabuloso Toastmasters Club Tagus Park,fiquei a conhecer a existência de um livro intitulado “Peixe” com o subtítulo “como motivar e gerar Resultados da autoria de Stephen C. Lundin, Harry Paul e John Christensen
Gostei tanto do que ouvi que fui a correr ler o livro e adorei, recomendo vivamente a leitura, é fabuloso!
O livro retrata a história de uma executiva, conhecida como uma excelente líder que numa determinada altura da sua jornada, está a passar por um período difícil na sua vida pessoal. Entretanto, na empresa onde trabalha surge uma oportunidade de promoção. Essa promoção implica liderar uma equipa difícil,conhecida na empresa como “depósito de lixo tóxico”. Com este termo conseguimos imaginar o clima complicado que deveria ali pairar, bem como o tamanho do desafio! A executiva em questão, apesar de saber da fama desta equipa, aceita o desafio, pois precisa mesmo do aumento de salário inerente a esta promoção. Constata, efetivamente, de que o ambiente naquela equipa é muito pesado
e alcançar os objetivos que a empresa pretende, com aquela equipa é extremamente difícil, mas mesmo assim, não desiste.
Há um dia, em que o ambiente na empresa estava particularmente “carregadíssimo”, e a nossa protagonista, resolve sair para almoçar, sente necessidade de respirar ar puro, mudar de ambiente, pois as coisas estão ao “rubro”! Ao passar em frente do Mercado de Peixe – Pike Place, em Seatle, repara que os peixeiros estão super alegres, divertindo-se, bincam uns com os outros, interagem com os clientes, atiram peixes ao ar, proporcionando um autêntico espectáculo de animação e boa energia.Ao mesmo tempo que aumentam a sua faturação, pois vão atraindo cada vez mais compradores, transformando cada venda numa inesquecível experiência para o cliente e para eles próprios. A nossa líder fica espantada com toda aquela dinâmica de boa disposição e produtividade, em que o resultado culmina no enchimento das caixas registadoras, e pensa: “Se isto é possível num mercado de peixe, que habitualmente é caracterizado por ter um ambiente hostil, também é possível numa empresa”, surgindo assim a “Fish Philosophie”- Filosofia do Peixe, que consiste em 4 princípios:

1º Escolha a sua atitude. 
Todos os dias quando acordamos, temos a oportunidade de fazer uma escolha: escolher estar feliz ou escolher estar triste, e fazemos sempre essa escolha (consciente ou não). Por isso faça a sua escolha conscientemente, obrigue-se a ter uma atitude positiva, com boa disposição, entusiasmo, trate bem os outros, aja como líder da sua vida e não como vítima, foque-se na solução e não no problema, sorria! Escolha estas atitudes e verá como o mundo o irá retribuir. 

2º Esteja presente.
Quando estiver com alguém, esteja presente para essa pessoa, olhe a pessoa nos olhos, escute ativamente, faça com que ela se sinta importante e única, aprecie esse momento. Não há nada pior do que estar a conversar com uma pessoa e a mesma estar a espreitar o telemóvel, enviar mensagens, consultar as redes sociais, ou olhar para a televisão. Aprecie cada momento da sua vida, viva-o intensamente, disfrute-o sem pensar no que virá a seguir, esteja presente. Quem vive no passado, e quem vive no futuro não vive o presente, e é esse que interessa, é o presente que define o seu caminho, o seu destino, viva-o, esteja presente!

3º Alegre o dia de uma ou mais pessoas.
Faça uma pequena gentileza a alguém, marque um compromisso inesquecível, ofereça ajuda, partilhe. Coloque como meta, por exemplo alegrar despretensiosamente o dia de pelo menos uma pessoa e vai ver o impacto que isso tem em si!

4º Brinque.
No Pike Place fish market, os peixeiros brincam entre eles, com os clientes ou com qualquer outra pessoa que apareça por lá, porque isso faz parte da filosofia do peixe. O que é brincar? Às vezes esquecemo-nos do que é…
Brincámos quando éramos crianças, e deixámos de o fazer… é importante manter esse espírito de criança. Não leve a vida tão a sério, seja flexível. Que tal colocar um pouco mais de humor na sua vida? Para se produtivo e competente no seu trabalho, não tem que ser demasiado sério e rígido, antes pelo contrário, estudos comprovam que aprendemos e produzimos muito mais em ambientes descontraídos e lúdicos, vejamos por exemplo as empresas Google ou o Facebook, que possuem ambientes de recreio e de brincadeira, e são conhecidas pela sua elevada produtividade, bem como pelos seus colaboradores super motivados. A vida é muito breve, por isso não devemos perder tempo com preocupações e rigidez desnecessárias. Vamos aproveitar bem os momentos e torná-los divertidos. 

Esta filosofia, conhecida como a filosofia do Peixe, tem vindo a motivar muitas pessoas a tornar o seu trabalho mais produtivo e aprazível. Afinal, é no ambiente de trabalho que passamos a maior parte de nosso tempo, por isso é fundamental que nos sintamos felizes nesse ambiente. Mas atenção, nem tudo se resume a brincadeira e diversão, o grande resultado (o “big win”, como eu costumo dizer aos meus clientes que estão a trabalhar a questão da produtividade) é a qualidade, a satisfação do cliente e, por consequência a explosão de vendas! Comece já hoje a praticar os 4 princípios da Filosofia do Peixe!

Temos um presente para si!
A autoconfiança é imprescindível para se tornar o líder da sua vida.
Receba gratuitamente as 5 Técnicas infalíveis para se tornar mais Auto-Confiante. Clique aqui

    Receba todas as novidades e a nossa newsletter!
    Para isso basta deixar aqui o seu nome e e-mail.

Quer comentar? Faça-o aqui